Manual básico do primeiro dente

publicado em 12 de abril de 2017

Quando começam a aparecer? Quais cuidados tomar? Há muito para saber sobre os primeiros dentinhos do seu pequeno.

O nascimento dos dentes, geralmente, começa por volta dos 6/7 meses do bebê. Os mais precoces começam a dar sinais da dentição aos 3 meses de idade e os mais tardios só ganham dentinhos pouco antes de completar 1 ano. Tudo depende do histórico familiar, se você teve dentes cedo é bem provável que seus filhos também tenham.

Junto com os dentinhos, vem as alterações de comportamento, o choro, a perda de apetite, a irritabilidade e até febre! Mas essas reações não são diretamente causadas pela formação de dentição. Isso acontece porque, na tentativa de aliviar a coceirinha na gengiva, o bebê coloca diversos objetos na boca e acaba absorvendo alguns germes. Por isso mordedores infantis (de preferência esterilizados) são grandes aliados nesse período.

A higiene oral deve ser realizada mesmo antes da aparição dos dentes. A limpeza da gengiva, bochecha e língua pode ser feita com o auxílio de uma gaze ou fralda de pano umedecida com água mineral, ao menos uma vez ao dia.

Já com um dentinho aparente, o ideal é escová-lo duas vezes ao dia com uma escovinha específica para a faixa etária do bebê ou uma dedeira de silicone.

O processo de nascimento dos dentes vai até os 3 anos de idade quando a criança já possuirá os 20 dentes de leite. Essa categoria de dentição é importante para fala e mastigação até os 10/12 anos de idade do indivíduo e serve como guia para o nascimento dos dentes permanentes.

O ideal é que o bebê tenha sua primeira consulta com o dentista aos 6 meses de vida para verificar o desenvolvimento dos ossos e músculos bucais.

 

Fonte: Terra